Pessoas de Negócios
 
terça-feira, 27 de junho de 2017
   eventos   palestrantes   campanhas   currículos   Empresas
 
tv vídeos notícias contato inácia soares
 
   Artigo

 
   Atendimento a Clientes

 
   Carreira

 
   Comunicação

 
   Empreendedor

 
   Etiqueta e postura

 
   Eventos

 
   Gestão de Pessoas

 
   Liderança

 
   Livros

 
   Midias

 
   Negócios

 
   Novos Negócios

 
   Tecnologia

 
 
     Buscar

em  
 
     Últimas Notícias
Encontro de educadores
Ética e Relações de Trabalho
Talentos Invisíveis
Liderança e Reinvenção
Formatura Incubadora Design UEMG
 
[ Todas as notícias ]
 
 
 
 
Notícias
 
Negócios
Elimine o erro nos negócios

Rubens Myrrha, consultor de empresas

ERRO NO PROCESSO
Método PDCA ajuda empresas a identificar e corrigir falhas

20/05/08

Toda empresa tem problemas nos processos internos, mesmo aquelas mais organizadas, certificadas, e com controles bem aprimorados. Elas também erram. A explicação é que empresas são como organismos vivos, em constante movimento. Nesse painel, o telespectador do programa teve a oportunidade de aprender a identificar erros nos processos e a corrigir esses erros. O convidado foi o consultor de empresas e engenheiro, Rubem Myrrha, que tem mais de 15 anos experiência na área.

Myrrha apontou como sendo os principais sintomas de erros em algum processo da empresa: aumento do custo, atrasos na entrega do produto, aumento do índice de entregas erradas, diminuição do retorno, perda na participação do mercado, crescimento das reclamações dos clientes, mais produtos devolvidos por defeito e falta de responsabilidade social.

Para solucionar os sintomas que vão indicar se a empresa tem algum problema, ele convidou o telespectador a analisar a situação através do PDCA. O método foi criado em 1924 e ainda é, segundo o consultor, extremamente utilizado. As letras, que são em inglês, têm os seguintes significados: P de plan – planejar; D de do – fazer; C de check – checar; e A de act – agir. “Você precisa planejar, ou seja, identificar o sintoma, elaborar um plano de ação para resolvê-lo, e executar este plano. Mas nem sempre os planos saem como planejamos, então precisamos checar se o que foi executado deu certo. Se não deu certo, temos que agir para consertar, para aprimorar, então voltamos novamente para o planejamento. É um ciclo e, por isso, as letras vêm em círculo, porque você gira e vai continuar girando para acompanhar e aprimorar os processos, até que isso se torne automático para a empresa”, explica. Segundo Myrrha, o processo gera mais conhecimento gerencial e as formas de implantar decisões amadurece cada vez mais.

Empresas que ainda não conseguem detectar esses sintomas, essas falhas, precisam ter um profissional que pare para observar, para investigar cada processo e identificar essas falhas, o que demanda tempo. De acordo com o consultor, muitas empresas ainda não sabem onde estão falhando, pois acreditam que não podem parar, para não perder tempo, afinal, tempo é dinheiro. “As empresas não podem ficar com a idéia de que têm que acelerar, pois não podem perder tempo. Mas nesse caso, sim, tem que parar, tem que analisar, senão a empresa não vai caminhar”, alerta.

Foto: Mariana Neto

Por: Programa Mesa de Negócios
 
 
Todos os direitos reservados à
Pessoas de Negócios © 2008

Termos de uso

   
 


TV HORIZONTE

Programa Mesa de Negócios
Av. Itaú, 515 - Dom Cabral / BH - MG
Cep.: 30.535-910


E-mail: tv@mesadenegocios.com.br
TV Inácia Soares Carreira Tecnologia
Apresentação Eventos Comunicação Contato
TV Horizonte Palestrantes Empreendedor  
Próximo Programa Campanhas Etiqueta e postura  
Assista ( Vídeoteca ) Currículos Gestão de pessoas
Programas Anteriores Empresas Liderança
Depoimentos Vídeos Livros
Exibição Notícias Midias
Cenário Artigos Negócios
Equipe Atendimento a cliente Novos Negócios