Pessoas de Negócios
 
terça-feira, 27 de junho de 2017
   eventos   palestrantes   campanhas   currículos   Empresas
 
tv vídeos notícias contato inácia soares
 
   Artigo

 
   Atendimento a Clientes

 
   Carreira

 
   Comunicação

 
   Empreendedor

 
   Etiqueta e postura

 
   Eventos

 
   Gestão de Pessoas

 
   Liderança

 
   Livros

 
   Midias

 
   Negócios

 
   Novos Negócios

 
   Tecnologia

 
 
     Buscar

em  
 
     Últimas Notícias
Encontro de educadores
Ética e Relações de Trabalho
Talentos Invisíveis
Liderança e Reinvenção
Formatura Incubadora Design UEMG
 
[ Todas as notícias ]
 
 
 
 
Notícias
 
Atendimento a Clientes
Simpatia que encanta

Terezinha Carvalli, ascensorista do Mercado Central

ATENDIMENTO
Ela é tão simpática que se torna inesquecível

06/05/08

A vida dela é abrir a porta do elevador, receber passageiros e saudar, um por um, com um sorriso alegre, abraços e beijos. Eles andam apenas um ou dois andares com ela. Depois, ela abre de novo a porta do elevador e se despede de cada passageiro. Ela faz isso centenas de vezes no mesmo dia.
O nome dela é Terezinha Carvalli. Ela sorri o tempo todo, tem uma alegria que não acaba nunca. Aos 49 anos, Terezinha é um exemplo de profissional que consegue oferecer aos clientes um atendimento espetacular.

O MESA DE NEGÓCIOS fez algumas viagens no “avião” da ascensorista para conhecer esse ritmo de trabalho. “Eu recebo as pessoas com carinho, dou meu bom dia, boa tarde, boa noite, dou beijinho e estou sempre sorrindo”, conta. Nada tira o bom humor da ascensorista no dia-a-dia. Aliás, quase nada. “A única coisa que me deixa mal humorada é passar roupa”, brinca. “Mas atender, receber as pessoas é com a Terezinha”, garante. Beijar cada cliente que passa pelo elevador é uma forma que Terezinha encontrou para mostrar ainda mais simpatia. Mas nem todo cliente aceita. “Se a pessoa não topa beijo no rosto, é só respeitar e pronto”, explica.

Macoud Patrocínio é o líder de todo o trabalho que a Terezinha faz no Mercado Central. “Ela é muito especial. Perdemos a conta de quantos elogios foram feitos elogios. Alguns colocamos em moldura para marcar a estadia dela no elevador”, conta. O presidente do mercado conta que apenas um cliente, até hoje, ficou incomodado com o jeito espontâneo de Terezinha, e reclamou na recepção. “Nesse dia, procuramos a Terezinha e dissemos que não era para ela mudar. Possivelmente o cliente não estava em um bom dia, então queremos que ela continue espontânea e agradável com todos os nossos clientes”, reforça.

O telespectador do programa pôde acompanhar as gravações no elevador e percebeu que ela não pára um minuto de beijar e contar caso. Será que Terezinha tem algum segredo para não perder a simpatia? “Quando você estiver nervosa, vá na frente do espelho, xingue bastante, depois respire fundo. Você vai se sentir aliviada. Esse é o segredo”, conta.
A ascensorista conseguiu contagiar os lojistas do mercado. “Muitos dos nossos lojistas aprenderam a ser mais simpáticos, a atender melhor, mas a Terezinha é muito agradável, é a Terezinha”, afirma o presidente.

Sem estudo, Terezinha teve que aprender a ler e a escrever por conta própria. “Meu papai dizia que filha não pode estudar, porque tem que ajudar em casa. Então eu aprendi através da minha patroa, eu recortava jornais, juntava letras e perguntava para ela se estava certo. Aprendi por minha vontade de vencer, pela alegria de viver”, conta. Alegria de viver que foi procurada por outras empresas, que tentaram “roubar” a Terezinha do mercado. “Em um primeiro momento foi uma indústria farmacêutica que tentou levá-la. Depois uma grande rede que a queria como recepcionista. Depois de uma conversa, ela procurou a diretoria, nós conversamos muito, e no final ela disse: eu gosto mesmo é do mercado, vou ficar aqui. E olha que a proposta era irrecusável”, afirma Macoud Patrocínio.  “Eu não troco o mercado, a não ser que ele me mande embora”, reforça a profissional.

A fama de Terezinha foi além das montanhas mineiras. Há um tempo, ela recebeu a visita de um garoto de cadeira de rodas de Goiânia, que a viu na televisão e pediu que o pai o levasse até o mercado, apenas para receber um abraço dela. “Ele pegou um carinho tão grande, que ele quis vir aqui de qualquer jeito, e aqui eu chorei”, se emociona.

A clientela do mercado é unânime na aprovação do jeito de Terezinha. “Sensacional, 100%, ela deve sempre continuar assim”, diz uma jovem. “Ótimo, a gente fica animada, porque já é recebida por uma pessoa delicada assim”, afirma uma senhora. “A gente já chega esperando encontrá-la”, conta outra cliente. “Quem dera se todos fossem assim, o mundo seria outro”, afirma mais um cliente do “avião”.

Fotos: Mariana Neto

Por: Programa Mesa de Negócios
Mais fotos

 
 
Todos os direitos reservados à
Pessoas de Negócios © 2008

Termos de uso

   
 


TV HORIZONTE

Programa Mesa de Negócios
Av. Itaú, 515 - Dom Cabral / BH - MG
Cep.: 30.535-910


E-mail: tv@mesadenegocios.com.br
TV Inácia Soares Carreira Tecnologia
Apresentação Eventos Comunicação Contato
TV Horizonte Palestrantes Empreendedor  
Próximo Programa Campanhas Etiqueta e postura  
Assista ( Vídeoteca ) Currículos Gestão de pessoas
Programas Anteriores Empresas Liderança
Depoimentos Vídeos Livros
Exibição Notícias Midias
Cenário Artigos Negócios
Equipe Atendimento a cliente Novos Negócios